Pesquisa
.: Home
.: Contato
.: Mensagens para ler
.: Mensagens em Áudio
.: Textos de outros
.: Ouça online
.: Links interessantes
.: Aconselhamento
.: English version
.: Pesquisa
.: Recomende
Aconselhamento
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar
Estou enjoada da minha vida - carta de uma adolescente
Encontro com a vida


Obrigado por ter escrito para nossa página.

Eu entendo o que você quer dizer quando diz estar "enjoada" de sua vida e de seus amigos.

Sabe de uma coisa; isso acontece, de vez em quando. E acontece, simplesmente, porque somos humanos. Somos gente de carne e sangue, e não anjos. Daí que temos emoções, sentimentos, passamos por mudanças, temos variações de humor e temos nossos questionamentos. Isso é completamente humano.

Um momento assim pode se tornar em algo bom, porque pode nos desafiar a mudar coisas em nossa vida para melhor. Daí que nem toda crise é ruim; ela pode ser muito boa, se nós soubermos passar por ela, sem nos entregarmos a ela. Insatisfações não são sempre algo ruim.

Um dia, alguém ficou "enjoado" de ler à luz de velas e lampiões e começou a estudar um modo de criar a primeira lâmpada elétrica. Um dia, alguém ficou "enjoado" de andar de cavalo e carruagem, e começou a estudar como inventar o primeiro automóvel. Um momento de insatisfação pode se tornar em um momento de inspiração e transformação. Depende de nossa atitude.

O problema é quando isso começa a nos tirar a alegria de viver. O problema é quando, ao invés de crescermos e melhorarmos as coisas; nós nos encolhemos, nos escondemos, nos deprimimos; ou começamos a nos rebelar, a brigar, a contender e a fazer coisas que só nos machucam e aos outros que nós amamos.

Sabe, cada fase de nossa vida tem as suas próprias características. Uma coisa é o que você sente com cinco anos de idade; outra, o que sente com dez; outra, com quatorze e quinze; outra com dezoito e dezenove; outra com vinte e cinco; outra com trinta e dois; outra com quarenta e assim por diante. Cada momento da nossa vida traz seus próprios sentimentos, realidades e compreensões. E isso acontece porque estamos crescendo. Nosso corpo está se transformando, nossa mente está se modificando, nossas emoções estão amadurecendo, nossa visão da vida está começando a se formar. Isso é normal. Não precisamos ter medo disso. Acontece com todo mundo.

É aí que eu quero falar com você sobre um grande amigo. Talvez, você se acostumou tanto a ouvir sobre ele, que tudo sobre ele se tornou comum demais para você. Mas, posso falar um pouco sobre Jesus?

Quando eu tinha a sua idade, eu apenas ia à igreja. Ouvia tudo, mas queria voltar para casa o mais rápido possível para fazer as coisas que eu gostava. Mas, pouco a pouco, eu comecei a compreender que Deus me amava. Eu comecei a entender que Jesus tinha dado a sua vida por mim. E essa mensagem de amor me conquistou. Eu fiquei constrangido por esse amor. Alguém morreu para eu viver. Eu tinha que fazer algo com isso! Foi quando eu convidei Jesus a entrar e dirigir a minha vida. Já se passaram 25 anos; e sabe de uma coisa, eu nunca me arrependi disso! Ele tem sido meu amigo fiel, meu companheiro e conselheiro. Se não fosse por Ele, eu sei que não teria sobrevivido a tudo que atravessei, ao longo dos anos.

O grande problema é quando nós confundimos Deus com religião. É quando confundimos Jesus com a igreja. Deus não é uma religião. Ele é uma Pessoa. Ele é o Criador do Universo. Não importa o que os professores de biologia falam na escola; no fim de tudo, foi Deus quem criou o Universo. Ele é o autor da vida e de tudo que há de bom.

Outra coisa, é que Jesus não é uma igreja. Ele é Deus que se fez homem e nos amou de tal forma que entregou sua vida por nós. Ele é a Porta por onde nós entramos e encontramos vida com gosto de vida. A igreja é apenas um grupo de pessoas imperfeitas, humanas e limitadas que amam Jesus e que querem aprender mais e mais a caminhar com Ele. Nós precisamos da igreja, porque nela temos comunhão com nossos irmãos, mas Jesus é Jesus e igreja é igreja.

Agora, nem sempre a igreja representa bem a Jesus. Ás vezes, ela faz coisas que Jesus nunca faria. É aí que as pessoas se decepcionam e se afastam. Mas, não foi Jesus quem fez aquilo com elas; foram as pessoas. É aí que eu tenho que aprender a separar as pessoas que falam em nome de Jesus, de Jesus. Porque Ele é bom, misericordioso, maravilhoso, incomparável e cheio de compaixão. Ele deu sua vida por você.

Não siga a Jesus por medo. Siga a Jesus por amor. Siga a Jesus porque Ele deu sua vida para você viver. Então, viva. Seja a adolescente que Ele criou você para ser.

Eu sei que nós queremos ser aceitos e não queremos ser diferentes dos outros. Temos medo de ser rejeitados. Queremos que o grupo nos aceite. Não queremos que as pessoas riam de nós, Temos medo de ficar sozinhos.

Mas, sabe o que Jesus nos ensina? Primeiro, você tem que ser apenas você mesma. Você não tem que ser igual a ninguém mais. Porque só você é você. E não há ninguém em todo mundo igual a você. Por isso, seria um grande desperdício se você não fosse você; porque fica, o tempo todo, querendo ser como outra pessoa.

Segundo, nem tudo que parece ser é o que é. Isso quer dizer que a maioria das pessoas vive de uma imagem que não é verdadeira. É aí que você pode estar se comparando com pessoas que não são nada daquilo que você acha que elas são. E se você descobrisse, ficaria completamente decepcionada. Por isso, se você for imitar alguém em sua vida; imite Jesus. Porque Ele é quem é.

Quando você ler a Bíblia, procure ler os Evangelhos. E pense naquilo que está lendo. Pense em como Jesus era, em como Ele agia, em como Ele tratava as pessoas, em como Ele resolvia as situações. Então, vá e faça da mesma maneira. Não espere que as pessoas sejam suas amigas; seja amiga delas. Não espere que elas falem com você; fale você com elas. Não cobre que as pessoas amem você; ame você, primeiro.

Você tem que gostar de si mesma, ou nunca vai se sentir bem em lugar algum. Precisa aprender que sua vida é um projeto de Deus e que Ele fez você ser alguém especial. Davi tinha um pouco mais que a sua idade quando derrotou o gigante Golias. Lembra da história?

Bom, talvez, você não tenha um Golias para vencer; mas, você tem os seus próprios gigantes. Quem sabe você precisa vencer o gigante do medo; ou o gigante do sentimento de inferioridade; ou o gigante do sentimento de incapacidade; ou o gigante da dúvida; ou o gigante do sentimento de não ser amada. Eu não sei o que para você é um verdadeiro gigante; mas Deus quer ajudar você a vencer.

Eu sei que nossos colegas, na escola e na vizinhança, podem rir e zombar de nós; mas qual o problema? Os anos vão passar e você vai ver que não importa o que os outros pensam de nós, e sim, o que você sabe sobre si mesma. O que importa é como você está construindo a sua vida.

Você não precisa ceder às pressões das outras meninas. Não precisa ceder às pressões dos garotos. Não precisa ser popular, para ser especial. Você já é especial. Você já é amada. Você já é importante em si mesma. Não precisa provar nada para ninguém. Não precisa mostrar nada para os outros. Confie em Deus. Ele está cuidando de você.

Eu não posso viver apenas em função do que eu estou sentindo, no momento. Eu preciso pensar nas consequências. A vida não se resume a um único momento. Eu vou viver, amanhã, na casa que eu estou construindo, hoje. Por isso, eu tenho que pensar.

Há pessoas que pensam que tudo na Bíblia é não e não pode. Mas, não é isso. Tudo que Deus fala na sua Palavra é para o nosso bem. O que a Bíblia me ensina é a viver com bom senso, sabedoria, equilíbrio e amor. Tudo tem o seu tempo e há tempo para todas as coisas debaixo do céu.

Nesta idade, é tempo de aprender, de estudar, de ir para a escola e procurar aproveitar o máximo possível de tudo que é ensinado e feito; é tempo de crescer por dentro, de fazer amigos, de desenvolver um relacionamento bonito com Jesus, de ser filha, de amar e ajudar os pais e de viver este momento da vida. Porque este tempo é seu. E Deus o está proporcionando a você.

Você tem talentos e dons que nem sabe que tem. Talvez, desenhar, ou pintar. Talvez, costurar ou cozinhar. Talvez escrever ou ensinar outras pessoas. Talvez, cantar ou tocar algum instrumento. Talvez com outros adolescentes ou com crianças menores. Mas, você tem um dom e um talento.

Leia bons livros, ande com pessoas que tem juízo e bom senso, afaste-se de quem vive metido em confusão, tome conta do seu próprio coração e viva com Jesus. Fale com Ele todos os dias. Veja-o como seu melhor amigo. Conte para Ele as novidades. Chore suas lágrimas diante dEle. Ele ama você.

Volte a frequentar os cultos, a ler sua Bíblia, a orar. Não faça isso como quem segue uma religião; mas como quem escolheu seguir a Pessoa de Jesus. É Jesus quem importa. Os homens são imperfeitos, as pessoas falham, as igrejas tem seus defeitos; mas Jesus é maravilhoso. E Ele é real.

Às vezes, nós pensamos que aquilo que nós conhecemos é tudo que existe; mas não é verdade. Deus tem muito mais para você. Ele tem um plano para a sua vida. Por isso, dê a si mesma a chance de viver uma vida que vale à pena viver. Não a desperdice. Não siga a onda dos outros. Toda estrada leva a algum lugar, mas nem sempre é onde se quer ir. Por isso, é tão importante ser sábio e seguir a Palavra de Deus. Não por medo, mas por amor.

Seguir a Jesus não é algo que sufoca a gente; é algo que liberta a gente para ser quem Ele nos criou para ser. Ele é vida. Ele é paz. Ele é amor. Ele é liberdade. Ele é alegria. Convide Ele a reinar em sua vida. Peça que Ele faça morada em seu coração. Fale com Ele como quem fala com seu melhor amigo. Você vai ver que diferença faz.

Bom, espero que estas palavras tenham ajudado você. Todos os domingos, às 22:30 horas (dez e meia da noite), temos um programa na rádio 93 FM (rádio El Shadday). Ouça. Você vai gostar. Fora isso, tem cerca de oitenta textos aqui na página para você ler. E tem alguns áudios de mensagem. Eu sugiro você ouvir: "O sonho não acabou" e assistir o vídeo da conferência de mulheres. Vai valer à pena.

Que a paz de Jesus seja sobre sua vida,

Pr. Paulo Cardoso
Comunidade Cristã Encontro com a Vida
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar