Pesquisa
.: Home
.: Contato
.: Mensagens para ler
.: Mensagens em Áudio
.: Textos de outros
.: Ouça online
.: Links interessantes
.: Aconselhamento
.: English version
.: Pesquisa
.: Recomende
Aconselhamento
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar
Pensamentos negativos... o que fazer?
Encontro com a Vida

Tem uma passagem, no livro de Filipenses, que nos fala sobre como precisamos
ocupar a nossa mente. Caio Fábio disse, uma vez, que "se mente vazia é
oficina do diabo, mente estressada é usina dele".

Nós somos humanos, e nossa tendência é de nos apegarmos muito mais às coisas
negativas que nos ocorreram do que às positivas. As cicatrizes deixadas
pelas feridas são mais difíceis de serem apagadas.

A questão é que ainda que não seja possível apagá-las, de todo, podemos, ao
menos, escolher trazer à memória aquilo que nos dá esperança. Agora, isso é
um exercício. É uma escolha. É uma decisão diária. E só nós podemos fazer
isso.

Eu li, certa vez, que só conseguimos tirar um pensamento de nossa mente,
ocupando-a com outro. Já viu como só conseguimos parar de pensar numa
música, quando começamos a ouvir ou cantarolar outra? Pois é, nossa mente
funciona assim.

Já viu como os salmistas conversavam consigo mesmos? Por que estás abatida,
ó minha alma, e por que te perturbas dentro e mim? Espera em Deus, pois,
ainda o louvarei, a Ele meu aúxílio e Salvador meu.

O fato é que todos nós precisamos encorajar a nós mesmos. Porque, algumas
vezes, tudo ao nosso redor nos desencoraja. É aí que precisamos,
literalmente, trazer a memória aquilo que pode nos dar alguma esperança.
Lembrar da fidelidade de Deus, de seu amor extremamente generoso,
compassivo, constante e leal; lembrar de Sua grandeza e poder. Não foi Ele
quem magoou você, não foi Ele quem abandonou você, não foi Ele quem falhou
com você. Mas, é Ele quem pode ajudar você a superar isso.

O mundo pode parecer virado de cabeça para baixo; nós podemos estar nos
sentindo abatidos e até deprimidos; mas Deus continua sendo o mesmo. E Ele
ama você. Ele se importa com sua vida. Ele planejou que você O conhecesse e
desfrutasse de íntima e profunda comunhão com Ele. Ele deseja o melhor para
você.

Dias difíceis todos nós temos. Às vezes, parece que a carga está mesmo muito
pesada de carregar. Ficamos tristes, perplexos, ansiosos e amedrontados,
diante das pressões que sofremos.

Algumas vezes, nem mesmo entendemos porque estamos nos sentindo do jeito que
estamos. Mas, sabe de uma coisa. Isso só significa que somos humanos. Somos
gente. Iguais a todos os homens e mulheres da Bíblia. Mas, se eles, pela fé,
venceram reinos e obtiveram as promessas, nós, também vamos fazê-lo. Não,
pela nossa força, mas pela graça de Deus. Não porque somos super-heróis da
fé, mas porque Deus nos ama o bastante para cuidar de nós.

Graça é favor que não se merece, não se barganha, não se negocia e nem se
paga. Só se recebe e se é grato por ela. Pois bem, a graça de Deus se
revelou em Jesus. Graça é o sorriso de Deus na face de Jesus. Deus não está
contra nós, Ele nos ama.

Gostaria de encorajar você a ler a carta de Paulo aos Filipenses. Não só uma
vez, mas várias e várias vezes. É uma carta que fala de alegria. Mesmo tendo
sido escrita dentro da cela fétida e solitária de uma prisão romana. E o que
eu mais aprendo nela é que em Deus eu posso aprender a me adaptar às mais
diversas situações da vida. Não é fácil; mas em Cristo, que nos fortalece,
é possível.

Não há fórmulas, há um caminho a ser trilhado a cada dia. Um dia de cada
vez. Resolver esquecer, não ficar relembrando as coisas que para trás ficam;
mas avançar para as que estão diante de nós, e prosseguir para o alvo que é
Jesus.

O passado já não existe mais. Cinco minutos atrás já não existe mais. Daqui
há duas horas, também, não existe. O único momento que existe é este. O
único dia que você e eu podemos viver é o dia chamado HOJE. E é nesse dia
que Deus nos convida a nos alegrarmos e regozijarmos nEle. Não porque tudo
seja um mar de rosas, mas porque Ele está conosco. Porque chegamos até aqui.
Somos sobreviventes das tempestades e tormentas da vida. Temos direito de
nos alegrar. Razão para dar graças. Motivos para entoar um cântico de louvor
a Deus.

Uma outra sugestão é que você leia os Salmos. De novo, não uma vez. Mas
duas, três, cinco, dez, vinte vezes. Transforme-os em orações e ações de
graças a Deus. Viaje com os salmistas em seus momentos. Veja como eles eram
exatamente como nós. E faça seus próprios salmos ao Senhor. Fale com Ele na
sinceridade do seu coração. Ele quer ouvir você.

Um pensamento só sai, quando outro entra no lugar. Então, encha sua mente de
coisas boas. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; se
forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. O modo como eu leio a vida
tem a ver com o que eu acredito como verdade. Talvez, você esteja
acreditando em falsos conceitos ou em falsas verdades. É hora de questionar
isso. Identifique quais são os pensamentos que te levam nessa viagem de
tristeza e troque-os por outros, antes mesmo que eles tenham chance de se
instalar na sua mente.

Leia bons livros, ouça músicas que façam bem à sua alma, assista filmes que
coloquem você pra cima, saia para dar umas caminhadas, desabafe com alguma
amiga que seja compassiva, compreensiva e madura, e encha-se com a Palavra
de Deus.

Um ótimo livro que você poderia ler seria "Fale a verdade consigo mesmo" da
Editora Betânia. Você vai gostar da leitura.

Todos nós passamos por momentos como esse que você está vivendo. Faz parte
do ser humano. Mas, vai passar. Tente trazer à sua memória as coisas boas
que Deus já te proporcionou, agradecer as coisas que Ele tem te dado, se
alegrar pelos pequenos momentos. A vida só se vive vivendo. E ela acontece
na simplicidade de cada dia e de cada momento.

Pr. Paulo Cardoso

Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar