Pesquisa
.: Home
.: Contato
.: Mensagens para ler
.: Mensagens em Áudio
.: Textos de outros
.: Ouça online
.: Links interessantes
.: Aconselhamento
.: English version
.: Pesquisa
.: Recomende
Aconselhamento
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar
Desesperei da vida...
Encontro com a Vida

Antes de qualquer coisa, eu gostaria de falar sobre o quanto Deus ama você, em meio e através de todas as angústias, lutas, perdas, depressões, solidão, dores, mágoas, conflitos e tempestades que você possa estar atravessando ou possa algum dia vir a atravessar. Ele ama você como ninguém jamais amou você. Não há nada que você possa fazer para Ele amá-la mais e nem nada que você possa fazer para Ele amá-la menos. Ele ama você, simplesmente, porque você existe.

Você é uma filha amada do Pai Celestial, alguém em quem Ele tem alegria. Você é alguém por quem o Deus eterno, Autor da Vida, Criador e Sustentador de todo o Universo, o Ser mais belo, completo e maravilhoso que existe deixou o Seu trono da mais alta soberania, glória, majestade e poder e se fez homem, como um de nós; sentiu todas as nossas dores, sofreu todas as nossas náuseas, andou por todas as nossas estradas, lutou com todos os nossos conflitos, foi tentado com todas as nossas tentações, provou todas as nossas decepções, chorou todas as nossas lágrimas, se angustiou com todas as nossas angústias, se deprimiu com todas as nossas depressões, experimentou todos os nossos medos, foi ferido pelas nossas transgressões, moído pelas nossas iniquidades e tomou sobre Si o castigo que nos traz a paz, para que pelas Suas feridas, nós fôssemos curados.

Não foi você quem amou a Deus, foi Ele quem amou você e veio ao seu encontro. Foi Ele quem buscou você. Você é idéia dele.

Nós o amamos, diz a Bíblia, porque Ele nos amou primeiro. E a prova deste amor é a cruz. O Deus feito homem, Jesus, cravado, ensanguentado, em agonia e dor, naquela cruz, estava ali, apenas, por uma única razão: amar você.

Dois rapazes eram muito amigos desde a infância. Os dois cresceram e foram servir ao exército. Num tempo de guerra, ambos foram convocados e enviados para o campo de batalha. Num certo dia, no meio de um intenso combate, um soldado do exército inimigo jogou uma granada dentro da trincheira onde estavam abrigados estes dois amigos. Imediatamente, um deles, percebendo que os dois iriam morrer se algo não fosse feito, disse adeus ao outro e deitou-se sobre a granada, que, logo em seguida, explodiu. O amigo que sobreviveu ficou inconsolável, mas todos os anos, no dia das mães, ele ia e visitava a mãe daquele amigo que havia dado a vida para salvar a sua. Numa tarde, enquanto tomava um chá com a mãe daquele amigo, enquanto eles conversavam sobre os tempos passados, de repente, o jovem começou a chorar e perguntar para aquela mãe: Será que ele realmente me amava? Aquela mulher, ficou parada por um instante, e então, começou a sacudir aquele rapaz, chorando e gritando: "O que mais ele poderia ter feito por você?".

A verdade é que alguém morreu para você viver: Jesus. O que mais Ele poderia ter feito por você? Ele deu a sua própria vida.

É mais que uma simples palavra, é uma realidade. Você é incrivelmente e extraodinariamente amada por Deus. Não importa o que você esteja atravessando ou os conflitos que esteja vivendo, Deus nunca vai abandonar você. Ele vai atravessar isto junto com você, minuto a minuto, passo a passo, dia a dia.

Eu não sei o que sabotou a sua esperança ao ponto de você desesperar da própria vida, mas você não foi a primeira e nem é a única. Você é humana e tem seus próprios limites físicos, psíquicos, emocionais e espirituais. E estes limites precisam ser conhecidos e respeitados por você. Porque desrespeitá-los é se sujeitar a dores desnecessárias. Afinal, Deus quer que você se ame e seja sua melhor amiga. Porque Ele ama você de uma forma que vai além de todo entendimento.  

O que realmente importa não é o que as pessoas pensam sobre você, mas o que Deus pensa de você e o que você pensa de si mesma. O que importa não é o que os outros sabem, mas o que você sabe. É isto que faz a diferença.

Você já existia antes que estas pessoas entrassem em sua vida e continuaria existindo mesmo se elas nunca tivessem se tornado parte dela. Porque você é alguém em si mesma. Você foi criada por Deus e para Deus. Você foi criada à imagem e semelhança do próprio Deus. Você tem valor em si mesma. Sua vida é importante e você faz diferença.

Eu sei que algumas pessoas tem os seus preconceitos e juízos, mas isto é porque elas ainda não compreenderam o imenso amor e a graça extraordinária de Deus. Isto é porque elas ainda não entenderam que o que interessa no Evangelho é a fé que atua através do amor. Eles ainda não entenderam que no mundo nós passamos por aflições, sofremos, choramos, somos pressionados, ficamos angustiados e muitas vezes não entendemos por que as coisas acontecem como acontecem; e isto, simplesmente, porque somos humanos e ainda não estamos no céu.

Elas não entendem que nós não somos só espírito, mas temos um corpo com todas as suas complexidades químicas e hormonais e uma mente com todas as suas questões psicológicas. Temos alma. Somos gente. Estamos vivendo no planeta Terra. Somos pó.

Pense comigo sobre quem, hoje em dia, aceitaria Paulo como pastor de sua igreja? É claro que alguns teriam seus preconceitos. Porque ele foi um homem que passou por naufrágios, foi espancado em praça pública, encarcerado, passou fome, sede, frio, nudez, escassez, desonra, pobreza, calúnias e difamações de todo tipo. E quem aceitaria Davi, depois que ele cometeu adultério com a esposa de um de seus soldados mais fiéis e ainda facilitou a sua morte durante uma batalha? Mesmo depois do seu arrependimento e perdão declarado de Deus, quem o aceitaria? É claro que alguns iriam fazer seus comentários. O ser humano é assim. Acha que tem méritos diante de Deus. Não percebe que nenhum de nós merece nada, nenhum de nós tem justiça alguma, todos nós somos doentes e carentes do amor de Jesus. Mas, pense, ainda, em quem aceitaria um Pedro depois de negar a Jesus três vezes? É claro que alguns achariam que ele não poderia mais pastorear. Mas foi o próprio Jesus que disse a Pedro, depois da ressurreição: Pedro, tu me amas? Pastoreia as minhas ovelhas. Para Jesus o que importava era se Pedro o amava. O que importa é o amor.
 
O olhar de Jesus não é o olhar das pessoas que ainda não enxergaram a sua própria fragilidade, fraqueza e necessidade e não experimentaram, de fato, o que é ficar assombrado e maravilhado com o amor e a graça de Deus em suas vidas.

Nunca esqueça que tudo que Deus nos dá é graça. Nós nunca merecemos, não merecemos e jamais vamos merecer. Nada é pelas nossas obras, justiças, comportamento, desempenho, sacrifícios ou capacidade - tudo é graça. Tudo. Favor que não merece. Amor incondicional. Misericórdias que se renovam a cada manhã. Ternas compaixões que permeiam todas as Suas obras. Porque Deus é assim. Deus é amor.

Não deixe que aquilo que os outros dizem ou aquilo que você acha que eles pensam tragam ainda mais sofrimento emocional para sua alma. Cuide de sua alma como quem cuida de uma criança de colo. Tranquilize a sua alma. Faça como o salmista no Salmo 131. Seja sua amiga. Ame-se, respeite-se, valorize-se.

Ajude-se. Porque se você chegou a este desespero é porque a sua alma está tentando falar que algo em você está precisando de ajuda. Ouça a sua alma. Não se envergonhe por isto. Elias ficou deprimido e foi para uma caverna. Jonas ficou deprimido e sentou-se debaixo de uma árvore. Davi ficou abatido e deprimido várias vezes. Asafe, o salmista, ficou deprimido. Até Jesus ficou angustiado e triste. Você é humana.

Que tal você procurar uma ajuda médica ou até quem sabe psicológica? Será que alguém se condena por procurar um médico quando tem uma dor de estômago? Ou quando tem uma diarréia que dura vários dias? Ou quando tem uma dor de cabeça que está sempre voltando ou um problema de pele? Ou procurar um dentista para ver como estão seus dentes? Claro que não. É a mesma coisa.

Deus não abandonou você, não está julgando você, não está contra você e nem vai desamparar sua vida. Ele ama você. Ele entregou Seu Filho Jesus por amor a você. Ele reconciliou você com Ele mesmo. Ele perdoou você. Deus quer fazer bem a você. Na verdade, o Evangelho é bom e faz bem.

Então, seja sua amiga e siga a Jesus, com serenidade, paz, tranquilidade e muita simplicidade. Não se entregue a pensamentos que só fazem mal à sua alma. Pense coisas boas. Cuide de si mesma e viva em paz. Nada de culpas, nada de cobranças, nada de condenação, nada de pressionar a si mesma, nada de se fazer mal, nade de se expor sem necessidade. Você não tem que provar nada para si mesma, não tem que provar nada para Deus, não tem que provar nada para a igreja, não tem que provar nada para as pessoas. Apenas viva em paz e ande na medida que Deus te dá a cada novo dia. 

Não desista de sua vida. Ela tem muito valor. Deus jamais desistirá de você. A vida é um presente de Deus, por maiores que sejam as dificuldades que estejamos atravessando. Então, viva, em nome de Jesus.

Viva um dia de cada vez, um dia por vez. Se um dia é toda a sua medida, qual é o problema? Viva este dia, sabendo que Deus está no controle de todas as coisas e que Ele ama e cuida de você.

Há muitos textos e áudios em nossa página que podem fazer bem à sua alma. Aproveite-os. Leia-os devagar e pense sobre eles.

Que a paz de Jesus encha sua vida e coração. Estamos orando por você.

Pr. Paulo Cardoso
Enviar para um amigo | Versão para impressão | Voltar |  Recomendar